DEEP CRANK SUMMER

DEEP CRANK SUMMER

E é aqui que eu acredito que os Deep Cranks vão fazer estragos por isso vou procurar zonas de fudo duro, zonas rochosas e aglomerados nestas zonas que vão até aos 18 / 20 pés, perto de zonas mais baixas onde acredito que o peixe se desloque para se alimentar e volte para o “conforto” das águas mais “estáveis”( zona onde quero pescar). Gosto de usar cranks que façam contacto com o fundo, por exemplo se estou a pescar numa zona com 10pés, opto por um crank que atinja os 10/12 pés. Usar um crank que já passe em demasiado a profundidade que está o fundo já não vou ter a acção que desejo.

Uso lançamentos longos de modo a que passe uns bons metros a zona onde acredito que esteja o peixe, para dar tempo a amostra de afundar até ao pretendido e conseguir os tais “contactos” com o fundo na zona pretendida. Faço uma recolha mais ou menos lenta, com umas pausas especialmente quando sinto o contacto numa pedra ou algo maior. Sendo ai que por norma costumo ter os ataques. E que ataques esses…que no Verão nos podem dar agradáveis surpresas.

Falando de material… Gosto de usar uma cana especifica para cranks, uma Medium Heavy / Heavy Moderate, um carreto de ratio de 6, pois penso ser o mais versátil para esta pesca, e a linha um fluorcarbono de 10lb pois é uma linha que afunda e as nas 10 lb consigo atingir a profundidade que quero.

Quanto aos cranks que uso, variam um pouco consoante a cor da água e “atitude” do peixe. Normalmente em águas claras uso cores realistas especialmente as do peixe pasto, pois nas zonas onde os procuro acredito que seja o que mais comem.  Águas mais escuras procuro cores mais escuras como os Blues chartreuse, ou Purple Chartreuse. Vario as cores consoante o que acredito que seja a alimento do peixe naquela massa de água e na zona que procuro. Quando reparo que o peixe está a atacar mal os cranks ou as vezes vêm ferrados na fateixa de trás, meto umas cores mais “chocantes” para ver se os consigo provocar mais.

Penso que é um tipo de pesca “duro”, mas que nos pode dar excelentes resultados nesta altura do ano, e por norma quando encontramos os peixes dá-nos mais que um exemplar e ás vezes aqueles peixes que nos deixam a tremer!